Alimentação para atividades físicas intensas

por Camila Gadelha

          Para ter todo pique é preciso cuidar de uma alimentação para atividades físicas intensas. E para encarar alguma atividade física intensa, além de treinos, o atleta deve ter um bom estado nutricional para apresentar melhor desempenho nas atividades. Mesmo que seja apenas por laser, para estar em contato com a natureza e se divertir, praticar estes esportes e associar uma dieta balanceada e equilibrada irá garantir uma melhor qualidade de vida. Não são só alguns dias de dieta antes da competição que irá preparar seu corpo para vencer este desafio ou apenas completar a prova, mas sim um programa alimentar onde carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas e minerais estejam equilibrados sempre.

          Vou citar algumas orientações nutricionais para atividades físicas intensas:

A hidratação é muito importante em qualquer atividade física. Não só no dia da competição, mas, no mínimo, no dia anterior o indivíduo deve estar bem hidratado. Bom ingerir 500ml de água por volta de 2 horas antes da prova/exercício e 150ml uns 15 minutos antes;

Com 40 a 60 minutos antes da prova/exercício devem-se ingerir carboidratos de baixo a médio índice glicêmico (sucos de frutas, frutas in natura, massas integrais, etc.);

Em dias de prova o uso suplementos devem ser orientados pelo nutricionista, mas o uso de carboidratos em gel 5 minutos antes da atividade pode trazer benefícios;

A alimentação durante a prova vai depender do tempo de duração da mesma. Se for com até 60 minutos a hidratação com água é suficiente. Geralmente os organizadores de provas disponibilizam água e uma equipe médica para qualquer eventualidade. Se o tempo for maior que 60 minutos, além da água, é uma boa pedida os repositores hidroeletrolíticos+carboidratos. A ingestão deve ser pausada, com pequenos goles, para não gerar desconforto

Para evitar perdas de massa magra deve-se comer logo após a prova/exercício. Uma refeição com carboidratos de alto índice glicêmicos (banana, melancia, pão branco, mel, etc.) associados a uma fonte proteica (queijos, carnes magras, ovos, etc.). O Whey Protein pós-treino é uma opção de proteína, mas, lembrando que o uso de suplementação deve ser acompanhada pelo nutricionista;

Sendo atletas profissionais ou amadores, quem quer praticar atividades como: corrida de rua, corrida de orientação, pedal, triathlon, etc., que exigem muito do corpo, deve ter hábitos saudáveis. Cigarro, bebidas alcoólicas em excesso, frituras, embutidos, devem ser evitados, não só para as provas, mas para a vida. Ingerir mais alimentos ricos em antioxidantes, fontes de ácido ascórbico, de potássio e dormir bem é fundamental para um bom rendimento do exercício.

           Vamos lá! Escolha uma atividade que lhe dê prazer, associe bons hábitos alimentares, tenha um estilo de vida saudável e por consequência, vai ficar com um corpo lindo!

Beijos da nutri! 🙂

XSLT by CarLake