Como congelar alimentos

No post anterior, falei sobre os  Mitos e Verdades sobre os alimentos congelados e devido ao sucesso e muitas dúvidas, neste post eu ensino como congelar alimentos de maneira correta!

Com a vida agitada sobra pouco tempo para cuidar da alimentação, congelar refeições prontas é a saída. Assim você poderá esquentar uma refeição caseira e nutritiva usando o fogão ou o forno micro-ondas, em casa ou no trabalho, na quantidade certa da sua dieta.  Você precisa reservar apenas um dia da semana para cozinhar certa quantidade de alimentos, dividi-los nas porções certas, para cada refeição do dia, durante certo tempo. Mas será que você sabe como congelar os alimentos?

#DicadaNutri: algumas dicas antes de ensinar como congelar os alimentos.

1) A mais importante de todas: NUNCA re-congelar um alimento/prato descongelado.
2) Separe em porções individuais ou suficientes para a refeição familiar. Para não ter erro, desperdício ou risco dos alimentos perderem suas propriedades, comece fazendo com o prazo de 1 semana. Com experiência poderá fazer em maior quantidade e por maior tempo de congelamento.
3) Utilize potes de tamanhos diferentes ou sacos plásticos bem fechados. No caso dos potes, encha-os até a beira com o alimento. Evite deixar espaço, este que terá acúmulo de ar, o que não é bom para a conservação do alimento. Para os sacos plásticos retire todo o ar e prenda com arames revestidos de plástico ou clipes que evitam a entrada e saída de ar.
4) Os alimentos que serão congelados devem estar em consistência firme, isso quer dizer: al dente.
5) Importante também não estarem muito temperados, principalmente ter cuidado com o sal, pois o congelamento faz com que o sabor dos temperos fiquem mais apurados.
6) Como falei em outro post, mesmo congelados, os alimentos continuam tendo validade, então coloque etiquetas em seus pratos congelados com a data em que foram feitos, a suposta data de validade e para não descongelar o prato errado, também adicione os alimentos que estão naquele recipiente.
7) Evite congelar: maionese, saladas cruas, gelatinas, claras em neve ou cozidas, ovos cozidos, pudins e creme de leite. Alguns alimentos perdem sua textura: macarrão sem molho, pepino, tomate, batata, iogurte, banana, alface (folhas), entre outros.
8) Manter a temperatura do freezer baixa é muito importante para preservação dos alimentos, pois cada um possui uma temperatura de conservação. Confira os padrões:

    • Molhos: até 6°C
    • Embutidos e laticínios – até 4°C
    • Hortifruti cru – 8°C
    • Hortifrútis cozidos – 4°C
    • Carne e frango – até 4°C
    • Peixes – até 2°C

Como congelar:

 

➸ Legumes e vegetais:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação/Cozinha da Ceci

 

Você já tentou congelar legumes e eles ficaram esbranquiçados? Para evitar isto faça o processo: em um recipiente tenha água fervente e em outro água gelada. Mergulhe os legumes e os vegetais rapidamente na água quente. Após isso mergulhe eles no recipiente com água gelada. O ideal é colocar os legumes porcionados em saquinhos. Retire todo ar imergindo parte do saco plástico em água e feche. Para usar é só aquecer. Os vegetais cozinhados podem ficar até 90 dias no freezer. É opcional guardar temperado ou sem tempero.

➸ Frutas

 

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Retire a casca, quando duras, grossas ou não comestíveis, o caroço, se tiver, e porcione na quantidade que vai usar. Para descongelar deixe fora da geladeira, em temperatura ambiente, ainda embaladas. As frutas podem perder sua textura, então melhor usá-las para fazer preparações do que comer ao natural. Dica da nutri: se for para usar em um suco, pode tirar do congelador direto para o liquidificador. Bom congelar a fruta fatiada/picada para facilitar na hora de liquidificar, cozinhar, fazer bolos, tortas, cremes, etc.

➸ Carnes

 

carne
Foto: Divulgação

Curiosidade: carnes preparadas congeladas duram mais que carnes cruas congeladas. Isso acontece porque a carne preparada já passou pelo processo de cozimento que usa altas temperaturas, estas que eliminam bactérias que poderiam estar presentes. Assim, congelando-as, estarão limpas e a baixa temperatura não permite nova proliferação de bactérias. Então não tenha medo de congelar a carnes preparadas, será seguro, estas possuem em média o prazo de até 6 meses para serem consumidas, quanto as cruas possuem o prazo de até 3 meses. Mas lembre-se de não passar do ponto, pois poderão ficar borrachudas e não exagerar no tempero, pois pode ficar apurado demais. Para descongelar as carnes cruas retire 1 dia antes do congelador e deixe na geladeira. Quando preparada é só levar ao forno ou ao micro-ondas.

➸ Produtos de padaria

pão de forma (3)
Foto: Divulgaçào

O ato de congelar pão é a solução para quem mora só e não consegue comer 1 pacote inteiro durante a semana, pois os fungos que crescem no pão com o passar do tempo não conseguem se reproduzir em baixas temperaturas. Coxinhas, tortas, pão de queijo, etc, podem ser congelados também. A dica para estes alimentos é retirar do congelador direto para o forno, pois se descongelarem antes do processo de aquecimento podem ter concentrado água, durante o congelamento, assim ficando murchos.

➸ Pratos prontos:

 

foto: divulgação
foto: divulgação

Ao preparar lembre-se: Não cozinhe demais, pois os alimentos serão aquecidos novamente, então podem ficar moles ou borrachudos. Não tempere demais, pois com o congelamento o tempero tende a apurar. Coloque-os em uma embalagem adequada, na quantidade a ser consumida, pois não é recomendado ‘recongelar’. Espere a comida esfriar para guardá-la no freezer. Se colocar direto no freezer pode elevar a temperatura estragando outros alimentos lá congelados.

Aproveitem as dicas de como congelar os alimentos para montar o cardápio da semana e não sair da dieta! Uma alimentação saudável precisa ter planejamento!

 

Beijos da nutri!!! ;*

Comentários